MDS apresenta oportunidades de negócios para agricultores familiares

Créditos imagem: 
Clarice Castro

ANDRÉ LUIZ GOMES

Brasília - Vender para o governo era uma tarefa difícil para os agricultores familiares. Com a modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), essa realidade mudou. Eles têm a oportunidade de comercializar – de forma segura e ágil – seus produtos para órgãos públicos. A legislação determina que pelo menos 30% dos alimentos comprados pelos órgãos federais venham da agricultura familiar.

Com menos burocracia, o PAA vem garantindo mercado e renda para a agricultura familiar. A Cooperativa dos Agricultores Familiares de Poço Fundo e Região (Coopfam) é uma das que já ocupam este espaço no mercado governamental. Está vendendo o café orgânico que produz para o Ministério da Defesa e para os institutos federais de educação.
 
Para que mais cooperativas e agricultores tenham acesso ao mercado de compras governamentais, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) participa do VIII Fomenta Nacional, evento promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para aproximar gestores dos governos estaduais e municipais, produtores e empresários. O encontro segue até esta quarta-feira (29), em Brasília.
 
O representante da Coopfam, Luiz Silvânio dos Reis, destacou a oportunidade de apresentar os produtos aos gestores locais no estande do MDS. “É interessante para expandirmos a produção da agricultura familiar. Este evento, com certeza, é uma oportunidade para conhecermos novos clientes”.

Para o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do ministério, Caio Rocha, o evento potencializa o trabalho já realizado em parceria com cooperativas, associações e governos estaduais de todo o país para fortalecer a compra da agricultura familiar. “O potencial das compras institucionais em todo o país é de R$ 2,7 bilhões. A presença de gestores públicos dos três níveis de governo fortalece ainda mais este mercado da agricultura familiar”, afirmou.
 
Estados e municípios também podem utilizar a legislação do PAA para comprar os alimentos dos agricultores da região. É o que pretende fazer o prefeito de União da Vitória, no Paraná, Santin Roveda. “Estamos organizando os agricultores da nossa região, porque hoje em dia compramos de Curitiba,  a 250 quilômetros. Com a Compra Institucional, acabaremos com esse frete dos produtos, favorecendo o mercado interno”, ressaltou.

Saiba mais 
Na modalidade Compra Institucional do PAA, cada agricultor familiar poderá vender até o limite de 20 mil reais, por ano, para cada órgão comprador. Já as cooperativas ou associações, o limite é de seis milhões de reais por ano, por órgão comprador.

Todas as chamadas públicas abertas no país estão no Portal Compras da Agricultura Familiar.

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa

Autor(es): 
André Luiz Gomes - MDS