Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica

A Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica - CNAPO é formada por representantes de 14 órgãos e entidades do executivo federal e por 14 entidades titulares e 14 entidades suplentes representantes da sociedade civil. O colegiado tem por objetivo promover a participação da sociedade na elaboração e acompanhamento do Plano e da Política de Agroecologia.

Competências

  1. Promover a participação da sociedade na elaboração e no acompanhamento da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica – PNAPO e do Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica - PLANAPO.
  2. Constituir subcomissões temáticas que reunirão setores governamentais e da sociedade, para propor e subsidiar a tomada de decisão sobre temas específicos no âmbito da PNAPO.
  3. Propor as diretrizes, objetivos, instrumentos e prioridades do PLANAPO ao Poder Executivo federal.
  4. Acompanhar e monitorar os programas e ações integrantes do PLANAPO e propor alterações para aprimorar a realização dos seus objetivos.
  5. Promover o diálogo entre as instâncias governamentais e não governamentais relacionadas à agroecologia e produção orgânica, nos âmbitos nacional, estadual e distrital, para a implementação da PNAPO e do PLANAPO. 

Estrutura